Vírgula-imagem ::: Marcelo Terça-Nada!

Textos publicados em 'Ativismo'

12.06.12

Guia Slow Food com 100 dicas gastronômicas no Rio de Janeiro

por Marcelo Terça-Nada!

Slow Food produziu um guia com 100 dicas de restaurantes, bares, cafés, feiras, iniciativas e mercados na cidade do Rio de Janeiro. O guia foi publicado pensando nas pessoas que vão à Cúpula dos Povos e Rio+20. As dicas valem também para quem mora na cidade ou for visitar o Rio em outras épocas.


A publicação pode ser baixado gratuitamente neste link:
www.slowfoodbrasil.com/guia-rio

Leve o guia no seu computador, telefone e/ou tablet para consultar enquanto estiver na cidade.

 

No guia você encontra indicação de locais e experiências sustentáveis do ponto de vista social e ambiental onde se pode comer bem e/ou comprar alimentos bons, limpos e justos no Rio.

O design e a versão digital do “Guia Slow Food – 100 dicas no Rio de Janeiro” foram feitos pela DoDesign-s.

>> Veja também: Atividades que serão realizadas pelo Slow Food na Cúpula dos Povos e Rio+20

28.02.12

3º Festival de Intervenções Artísticas do Recôncavo (Bahia)

por Marcelo Terça-Nada!

De 29 de fevereiro a 3 de março de 2012,  festival reúne atividades artísticas e coletivas que vão interagir com a paisagem histórica e a vida cultural da região

Mais do que uma série de oficinas e intervenções, o FIAR 3 é o Encontro de Redes de Artes Visuais no Recôncavo Baiano. A programação traz artistas, grupos, performances, trocas de ideias e experimentações que promovem ações artísticas integradas à atmosfera local. Em sua terceira edição, o festival acontece de 29 de fevereiro e 3 de março nas cidades de Cachoeira e São Félix.

“’Fiar é fazer rede, e o FIAR 3 se propõe como um festival de intervenções no qual os residentes são alicerces de redes artísticas em suas localidades. Justamente por entender que em outro momento esses grupos já realizaram um mapeamento de grupos e artistas individuais em seus territórios de origem, cabendo ao festival proporcionar um espaço de encontro de redes, na construção de um contexto mais amplo de produção e circulação artística”, explica Tininha Llanos, curadora e produtora executiva do festival. (Clique e leia o texto completo)

18.11.11

Festival globale Rio 2011

por Marcelo Terça-Nada!

Festival globale Rio 2011 será realizado entre os dias 18 e 26 de novembro com cinco eixos temáticos: Cidade Global, Muros e Furos, Territorialidades Meio Ambiente e Conflito, Ações Midiáticas Contra-Hegemônicas e Terrorismo Poético.

Globale é um festival que propõe, através da exibição de filmes de ficção e documentário, construir momentos de debate com um público amplo sobre temas relacionados aos processos de globalização.

O Poro participa do festival com o documentário Poro: intervenções urbanas e ações efêmeras.

Na edição do Rio de Janeiro, serão exibidos 49 filmes selecionados, divididos em 18 sessões, que irão trazer ao espectador reflexões e uma intensa troca de ideias sobre temas como meio ambiente, questões étnicas, exclusão social, projetos independentes e barreiras visíveis/ invisíveis.

A programação do evento conta também com apresentações artísticas, debates e uma grande maratona de encerramento!

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

(Clique e leia o texto completo)

26.09.11

Cozinhar é um ato revolucionário (e outros cartazes)

por Marcelo Terça-Nada!

O Poro disponibiliza a partir de hoje em seu site um cartaz por semana para download gratuito. O primeiro cartaz é esse “Cozinhar é um ato revolucionário“.

A parede da sua cozinha (ou a cozinha daquele seu amigo que adora cozinhar) merece um cartaz desse, eim!?

Todos os cartazes estarão disponíveis para serem baixados em vetor, para as pessoas poderem imprimir do tamanho que quiserem.

Para receber os próximos cartazes por email, é só cadastrar o seu endereço no site: www.poro.redezero.org

>> Agradecemos a quem puder ajudar a divulgar o endereço dos cartazes: www.poro.redezero.org/cartazes/

26.04.11

Le Monde Diplomatique publica resenha sobre o livro do Poro

por Marcelo Terça-Nada!

De tão incrível a notícia, quase não acreditei quando me falaram pelo telefone que o Le Monde Diplomatique tinha publicado em sua edição de abril de 2011 uma resenha sobre o livro “Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos – Ações poéticas do Poro”, do qual sou organizador junto com a Brígida Campbell.

Assim que recebi a notícia, fui até a banca de revistas mais próxima, comprei o Le Monde e estava lá, na penúltima página da publicação, um lindo e carinhoso texto de Hamilton Faria tecendo seus comentários e indicações sobre o livro do Poro. Como se isso já não fosse maravilhoso, a resenha ainda era a de maior destaque da seção Livros e trazia uma estonteante chamada em vermelho: Leitura obrigatória.

A edição do Le Monde está nas bancas até a virada do mês. Como sempre, a publicação traz artigos de peso, com vários intelectuais, jornalistas e articulistas assinando textos-retratos sobre o mundo contemporâneo. Entre os temas abordados na edição: A questão urbana no Brasil; México e a polícia comunitária; Movimentos de protesto nos EUA; Mudar mentalidades e práticas; Economia social; O revolucionário conceito de bens públicos mundiais e muito mais…

Quem acompanha as notícias do Vírgula-imagem ou do Poro tem seguido de alguma forma nossa itinerância por diversas cidades para lançar o livro, fazer bate papos, debates e compartilhar um pouco da trajetória e táticas que o Poro construiu nos nossos nove anos de atuação. A receptividade do livro tem sido linda por onde passamos. Quero deixar público meu agradecimento para todas as pessoas que estão ajudando a divulgar o livro! Sinto como se a resenha do Le Monde estivesse coroando todo esse processo.

Para quem não puder comprar a edição do Le Monde nas bancas, clique na imagem para ampliar e ler a resenha sobre nosso livro:


(clique na imagem para ampliar)

Para saber mais

<< Textos Anteriores . . . . . . Textos mais Recentes >>



© Copyleft 2017 Vírgula-Imagem :: Marcelo Terça-Nada. Alguns direitos reservados.
Feito e mantido com o software livre WordPress . Obrigado pela visita! Fazer login