Vírgula-imagem ::: Marcelo Terça-Nada!

27.07.10

Juventude Ativismo em BH (evento do Cultura e pensamento)

por Marcelo Terça-Nada!

De 2 a 7 de agosto de 2010, acontece em Belo Horizonte, Brasil, o evento Cultura e Pensamento/Juventude e Ativismo: www.culturaejuventude.org

Programa de reflexão e produção colaborativa direcionado ao intercâmbio de conhecimentos, práticas e desenvolvimento de novas linguagens para fomentar debates sobre temas contemporâneos, tendo a juventude como interlocutor principal. CULTURA E PENSAMENTO – JUVENTUDE E ATIVISMO é parte do programa CULTURA E JUVENTUDE – DIÁLOGOS INTERNACIONAIS, iniciativa da ONG Contato (Brasil), em parceria com o Centro Cultural Casa África (Brasil – Senegal), a Asociación Hermanos Saíz (Cuba), e a ONG CIC Batá (Espanha). O Programa tem como objetivo estabelecer uma rede internacional dedicada à aproximação cultural entre jovens artistas e produtores da África e América Latina, tendo o Brasil e a Europa como interlocutores.

Saiba mais:

CONVIDADOS:

GRINGO CARDIA (BRASIL)


Cenógrafo, designer, artista gráfico, arquiteto, diretor de videoclipes e diretor de arte. É um dos artistas brasileiros expoentes dos anos 90. Criou uma nova linguagem nas áreas cenográficas de teatro, espetáculos de dança e concertos musicais. Realizou trabalhos para o grupo circense Intrépida Trupe, a companhia de dança Deborah Colker e diversos espetáculos teatrais dirigidos por José Celso Martinez, Domingos de Oliveira e Miguel Falabella.
Debate “Arte e Novas Linguagens”, dia 02/08 15h

RUBÉN DÍAZ LOPEZ (ESPANHA)


Membro da Zemos98, equipe de gestão cultural criativa que trabalha na área de cultura digital, criação audiovisual, educação e comunicação. Promovem ações que visam propiciar um espaço para o encontro e a experimentação, propiciando a convergência entre criação audiovisual, redes digitais e pensamento contemporâneo.
Debate “Arte e Novas Linguagens”, dia 02/08 15h
Workshop “Novas linguagens ”, dia 04/08 15h

ALPHA GANO (SENEGAL)

Fotógrafo, diretor, produtor e editor de audiovisual. Integra a Diretoria de Cinematografia do Senegal desde 2006 e preside a Association Batuk de Dakar, que promove ações de fomento à cultura africana.
Debate “Arte e Novas Linguagens”, dia 02/08 15h
Workshop “Audiovisual ”, dia 03/08 15h

FRAN ILICH (MÉXICO)


Escritor e artista visual de Tijuana (México) é reconhecido por suas iniciativas no campo do ativismo digital e das problemáticas político-sociais latino-americanas. Apresenta trabalhos na área de literatura, fotografia, quadrinhos, vídeo e música eletrônica. Foi editor da revista mexicana de cultura digital Sputnik e pesquisador do Centro Multimedia do Centro Nacional de las Artes da Cidade do México.
Debate “Arte e Novas Linguagens”, dia 02/08 15h
Workshop “Novas linguagens ”, dia 04/08 15h

JAMES GREEN (EUA)

Historiador na área de estudos latino-americanos, brasilianista e ativista dos direitos LGBT norte-americanos. Foi diretor do Centro de Estudos Latino-americanos e Caribenhos da Brown University e presidente da Associação de Estudos Brasileiros (BRASA) e do Conselho de New England sobre Estudos Latino-americanos. Atualmente, é professor de história da América Latina da Brown University de Rhode Island.
Debate “Cultura, Diversidade e Direitos Humanos”, dia 03/08 9h30

LIONEL VALDIVIA AGUIAR

Mestre em Cultura Latinoamericana e professor do Instituto Superior de Arte da cidade de Camagüey, região centro oriental cubana. Foi chefe do departamento de investigações do Centro de Estudios Socioculturales Nicolás Guillén e, atualmente é director da revista digital de literatura e arte La Liga. É também poeta e membro da Asociación Hermanos Saíz e da Unión de Escritores e Artistas de Cuba – UNEAC. Recebeu diversos prêmios de poesía e literatura em Cuba.
Debate “Cultura, Diversidade e Direitos Humanos”, dia 03/08 9h30

REGINA NOVAES (BRASIL)

Doutora em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo. Foi professora do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ. Foi Secretária Nacional de Juventude -Adjunta e presidente do Conselho Nacional de Juventude de 2005 até março de 2007. Atuou como consultora sênior do PNUD/Nações Unidas. Desenvolve projetos de investigação na área de Juventude, Religião e Política.
Debate “Cultura, Diversidade e Direitos Humanos”, dia 03/08 9h30

DUDU NICÁCIO (BRASIL)

Músico, compositor, produtor, formado em direito pela UFMG. É um dos coordenadores do Programa Pólos de Cidadania, programa interinstitucional com sede na Faculdade de Direito da UFMG que visa aliar atividades de ensino, pesquisa e extensão com o objetivo de promover a inclusão e a emancipação de grupos sociais com histórico de exclusão e trajetória de risco. É, também, coordenador do Fórum Mineiro de Direitos Humanos e idealizador dos projetos Dois no samba e Samba do Compositor.
Debate “Cultura, Diversidade e Direitos Humanos”, dia 03/08 9h30

ERYK ROCHA (BRASIL)

Cineasta e documentarista. É filho do cineasta Glauber Rocha. Estudou Cinema e Televisão na Escuela San António de los Baños de Cuba. Seu primeiro documentário de longa-metragem “Rocha que voa” recebeu o prêmio de melhor documentário brasileiro no Festival É Tudo Verdade de 2002.
Workshop “Audiovisual”, dia 03/08 15h

GERSEM LUCIANO BANIWA (BRASIL)

Líder indígena pertencente à etnia Baniwa. É formado em Filosofia pela Universidade Federal do Amazonas e mestre em Antropologia pela Universidade de Brasília. Foi secretário municipal da educação e co-fundador da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira. Atualmente é consultor da Coordenação Geral de Educação Escolar Indígena da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade e diretor-presidente do Centro Indígena de Estudos e Pesquisas (CINEP).
Debate “Cultura e Meio Ambiente”, dia 04/08 9h30

ABOU HAYDARA (SENEGAL)

Escritor e historiador senegalês. Formado pela Escola Nacional de Economia Aplicada de Dakar em Cooperação. Fez pós-graduação na Universidade de Sorbonne (Paris III) e na Universidade de Sceaux (Paris IV), onde cursou Diplomacia e Administração de Organizações Internacionais. Atualmente, é chefe do departamento de Línguas e Civilizações Romanas da Universidade Cheik Anta Diop de Dakar, Senegal.
Debate “Cultura e Meio Ambiente”, dia 04/08 9h30

LEONARDO BOFF

Teólogo, escritor e professor universitário. É um dos grandes expoentes da Teologia da Libertação no Brasil. Foi professor de Teologia e Espiritualidade em vários centros de estudo e universidades brasileiras e estrangeiras, além de professor-visitante nas universidades de Lisboa (Portugal), Salamanca (Espanha), Harvard (EUA), Basel (Suíça) e Heidelberg (Alemanha). É autor de mais de 60 livros nas áreas de Teologia, Ecologia, Espiritualidade, Filosofia, Antropologia e Mística.
Palestra “Cultura e Meio Ambiente – Reflexões sobre a Carta da Terra”, dia 04/08 20h30

BOUBACAR DIOP (SENEGAL)

Um dos maiores escritores e intelectuais africanos da sua geração. Formado em Literatura e Filosofia, trabalhou como jornalista e escreveu peças de teatro, roteiros, contos e ensaios literários. Recebeu o Grande Prêmio da República do Senegal de Literatura por seu romance Lês tambours de la memoire, publicado em 1990. É, também, fundador do jornal independente Sol.
Debate “Cultura e comunicação”, dia 05/08 9h30

FERNANDO VICÁRIO (ESPANHA)

É o diretor de cultura da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI). Formado em Jornalismo e Ciências da Informação e mestre em Estudos Latino-americanos, ministra cursos e palestras em diversos lugares do mundo. É consultor na área de gestão cultural e membro do conselho da IFACCA – International Federation of Arts Councils and Culture Agencies.
Debate “Cultura e comunicação”, dia 05/08 9h30

JOSÉ MÁRCIO BARROS (BRASIL)

Mestre em Antropologia Social pela UNICAMP e doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ. É professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e da Escola Guignard – Universidade do Estado de Minas Gerais. Coordena o Observatório da Diversidade Cultural e o programa Pensar e Agir com a Cultura. Atua na área da Antropologia Urbana e da Comunicação, com ênfase em temáticas relacionadas à diversidade, identidade, política e gestão cultural.
Debate “Cultura e comunicação”, dia 05/08 9h30

TODDY E VAL – GRUPO OPNI (SÃO PAULO/ BRASIL)

Grafiteiros e membros do Grupo OPNI. Formado por três jovens moradores da periferia de São Paulo, o grupo realiza graffitis de rua, ilustrações para grandes revistas e pinturas para cinema. São responsáveis pela publicação de uma revista de arte que retrata o universo da arte urbana brasileira.
Workshop “Arte Urbana”, dia 05/08 15h

ANJO – FÁBRICA DE SONHOS (BELO HORIZONTE/MG)

Grafiteiro e membro da crew e escola de quadrinhos Fábrica de Sonhos. Trabalha com grafite desde 1998 e participa de vários eventos e exposições relacionados à arte urbana em Minas Gerais e no Brasil.
Workshop “Arte Urbana”, dia 05/08 15h

JOÃO PIRES

O Show “Lusofonia” reune estilos musicais típicos de Portugal e de países que tiveram influência da cultura portuguesa, como Cabo Verde e Brasil, combinando a erudição do violão português aos ritmos dançantes africanos e brasileiros.
O repertório apresentado vai desde a musica autoral, fados, mornas, coladeras ao choro e samba.
Apresentação musical “Show Lusofonia”, dia 06/08 23h

Mais informações; www.culturaejuventude.org

Compartilhe:

Deixe um Comentário

Obrigatório

Obrigatório, (não aparecerá no site)

Algumas tags de HTML permitidas:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Trackback this post  |  Inscreva-se para acompanhar os comentários via RSS Feed

<< Texto anterior: Picnic no Parque Municipal de BH
Próximo texto: Picnic + visita à fazenda, horta orgânica e moinho dágua + café da roça + oficina para crianças (MG) >>



© Copyleft 2017 Vírgula-Imagem :: Marcelo Terça-Nada. Alguns direitos reservados.
Feito e mantido com o software livre WordPress . Obrigado pela visita! Fazer login