Fora do eixo: temporada aberta para projetos

Fora do Eixo

O projeto Fora do Eixo vai acontecer entre os dias 18 a 25 de maio de 2008, em Brasília, é uma iniciativa independente de artistas-produtores do Distrito Federal (DF) que busca apresentar ações que se proponham a romper com determinações artísticas predominantes e que criem rotas “fora do eixo”, em termos de linguagem, poética, conteúdo, forma de apresentação e/ou argumento conceitual. Envie seu projeto até 6 de setembro de 2007.


Como participar?

O projeto consiste na realização de exposições artísticas no Espaço Piloto – espaço expositivo composto por três galerias e situado na Universidade de Brasília (UnB) – ações artísticas em espaços públicos, palestras, debates e oficinas de formação. Durante a primeira semana, acontecerão as atividades presenciais (palestras, oficinas, debates, performances, intervenções, entre outros), bem como a abertura das exposições, que terão continuidade até o final da mostra.

Para as propostas selecionadas, será oferecido, em parceria com a UnB, hospedagem (aos artistas não residentes no DF), material gráfico (cartazes e convites), estrutura para a montagem das exposições, além de recursos humanos para montagem das propostas na cidade (para artistas fora do DF). Os artistas selecionados serão responsáveis pelo envio e seguro de seus trabalhos.

Para saber mais, faça download da Carta convite e do Mapeamento fotográfico de lugares

Cronograma:
Data limite para envio das propostas: 6 de setembro de 2007.
Confirmação de seleção: até 15 de setembro de 2007.
Prazo para recepção das obras: 27 de outubro de 2007.
Realização do evento: 18 a 25 de maio de 2008.
Para envio das propostas e esclarecimentos: projetoforadoeixo@gmail.com

Saiba mais:
Projeto Fora do Eixo

2 comentários sobre “Fora do eixo: temporada aberta para projetos

  1. Claugeane Costa disse:

    Muito interessante a movimentação que os artistas da contemporaneidade estão fazendo no circuito brasileiro das artes como um todo; visual, plástica, fonográfica, literaria, audiovisual. O mais interessante é comungar delas, nelas e para elas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *