O jornalismo manipulador da Veja se volta contra escritores

Após muita discussão propositiva entre escritores brasileiros, surgiu o Movimento Literatura Urgente. Muitos debates ricos aconteceram (e continuam acontecendo) através de Blogues, correspondências e reuniões. A grande questão é: por que os programas de incentivo a leitura nunca levam em consideração o escritor? As editoras ganham incentivo, a cadeia de distribuição do livro ganha incentivo, mas os escritores nunca tinham sido considerados até então.

Ademir Assunção, um dos escritores que catalizam o Movimento Literatura Urgente, publicou texto denunciando o “olhar” forjado da matéria da revista Veja sobre as reividincações dos escritores. Vale a pena ler tanto para se conhecer algumas idéias levantadas pelo Movimento, quanto pela resposta de Ademir, que desconstrói os artifícios do mal jornalismo praticado pela Veja. Leia o texto de Ademir no seu Blogue, na Revista Fórum, na Revista NovaE, ou no próprio site do Movimento Literatura Urgente

tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *