Vizinhos: exposição em Viena aborda conexões entre artistas no Brasil

VIZINHOS - vernetzte Kunst in Brasilien

Entre 14 e 28 de maio de 2006, vai acontecer a exposição Vizinhos – conexões entre artistas no Brasil, no Freiraum do Museumsquartier de Viena, na Áustria.

Organizada a partir da experiência da BASE do Transição Listrada em Fortaleza e da residência de cinco artistas no projeto austríaco 5uper.net, a mostra conta com a participação do Grupo Poro, Esqueleto Coletivo, Transição Listrada, Glerm Soares + Orquestra Organismo, Laisle, Rodrigo Braga, Jaréd Domício, Tiago Judas, Graziela Kunsch, Antonia D’Orazio, Enrico Rocha, Mauricio Takara e Érica Zíngano

Sobre a exposição:

VIZINHOS – networked art in brazil

Foi criado em janeiro de 2002 um laboratório de arte mídia e de artes plásticas no nordeste do Brasil: uma casa como local de produção, de exposição e de diálogo público. Em dois anos, o contato e o entrelaçamento entre artistas de diversos lugares do país se fortificaram, e o local – chamado de BASE – se tornou um ponto de encontro para uma movimentação de artistas no Brasil. Além de exposições de obras, foram também organizadas projeções de filmes, discussões e palestras de artistas vindos de Fortaleza, São Paulo, Brasília, Recife e Rio de Janeiro, entre outras cidades.

Todas as atividades da BASE visaram estabelecer e intensificar a comunicação e a cooperação entre os artistas de vários pólos artísticos do Brasil. Todos os artistas participantes desse projeto pertencem a uma nova geração e contribuíram muito para a construção do discurso artístico e para o desenvolvimento da arte contemporânea nas suas cidades respectivas.

Essa nova geração de artistas tem uma compreensão básica de redes sociais. Se a sociedade moderna reconhece o alto grau de atalhos existentes através de relações pessoais como expressão do fenômeno Small World (ou seja, do mundo pequeno), estas podem também ser usadas de forma positiva. No mundo cada vez mais interligado em que vivemos hoje, espaços reais e virtuais enquanto redes de comunicação oferecem uma BASE para novos meios artísticos. Até mesmo não sendo utilizadas como canal, as novas mídias certamente influenciaram, mudaram e marcaram a essência dos trabalhos.

Os participantes do projeto BASE devem ser considerados como uma comunidade voltada para o output representando uma rede de produção e de competência diversa que se compõe de várias sub-redes. Essas “redes sociais” justamente não visam objetivos, mas entrelaçam os objetivos muito distintos de vários indivíduos e grupos. Mesmo assim, o projeto BASE reunevários objetivos, sobretudo a reflexão socio-crítica da estrutura da sociedade brasileira.

A exposição “VIZINHOS – conexões entre artistas no Brasil”, que se realiza no Freiraum do Museumsquartier de Viena durante um período de quinze dias, apresenta posições na sinergia entre o situacionismo, a arte mídia e a arquitetura do projeto BASE. Ao mesmo tempo que ocorre a quarta Cimeira entre a União Européia e a América Latina em Viena, o grupo 5uper.net convidou cinco artistas brasileiros. Além da exposição das suas obras, uma área aberta para oficinas e pesquisas na “5uper.net Cuisine Digitale” permite aos visitantes conhecer os processos de produção dos artistas brasileiros. A projeção de filmes correspondentes ao tema, bem como a organização de espetáculos de música complementam esse evento realizado no Museumsquartier de Viena, que é um dos dez maiores centros culturais no mundo.

14 – 28 de maio de 2006
5uper.net
Verein zur Förderung, Forschung, Entwicklung und Vernetzung
von Medien, Kunst und Technologie

q21, MuseumsQuartier Wien
Museumsplatz 1, 1070 Wien

2 comentários sobre “Vizinhos: exposição em Viena aborda conexões entre artistas no Brasil

  1. poshar disse:

    oi marcelo,

    estava procuranco um link artistico com viena e achei este daki e, fiquei super interessada.

    sou artista e, tal vez, esteja indo a viena passar uns 3 a 6 meses, por um motivo nada muy artistico mas, estou afim de criar esse laço. se vc tiver alguma informação de locais onde possa ir, não a visita, mas tal vez um local que possa procurar pra um estágio, estudos ou até artistas que possa entrar em contato… adoraria essa ajuda =)

    ah! já dei uma olhada nos teus trabalhos e textos – tudo online – e curto a maioria deles. bacana…

    bjos e até.

    déa =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.